INÍCIO RESENHAS FILMES SÉRIES VLOG BLOGROLL SOBRE CONTATO

POSTADO EM: 15/04/2014 | ARQUIVADO EM:

convergenteAutor: Veronica Roth.
Série: Divervente.
Editora: Rocco.
Ano: 2014.
Páginas: 528.
Classificação: ★★★.

A sociedade baseada em facções, na qual Tris Prior acreditara um dia, desmoronou – destruída pela violência e por disputas de poder, marcada pela perda e pela traição. No poderoso desfecho da trilogia Divergente, de Veronica Roth, a jovem será posta diante de novos desafios e mais uma vez obrigada a fazer escolhas que exigem coragem, fidelidade, sacrifício e amor. Livro mais vendido pela Amazon no segmento infantojuvenil em 2013, Convergente chega ao Brasil em meio à expectativa pela estreia de Divergente nos cinemas, em abril. A série segue no topo na lista de bestsellers do The New York Times.

Essa vai ser uma resenha bem curta pelo simples motivo de eu não querer dar mais nenhum spoiler desse livro, a internet já está cheia deles. Então eu só vou comentar o que eu achei do final da trilogia Divergente e minhas opiniões sobre o livro Convergente.

Primeiro de tudo eu preciso dizer que eu gostei do livro, foram várias coisas, várias cenas e vários acontecimentos, mas o ápice foi a descoberta do que realmente são os Divergentes e como eles são e foram modificados. Mesmo que esse acontecimento não tenha sido dignamente desenvolvido e nem feito importância no livro, eu achei que foi uma tática incrível da Veronica Roth ter meio que “quebrado” o que ela nos ensinou lá no primeiro e ter nos apresentado uma explicação que faz mais sentido sobre a divergência. Falando em quebras, outra coisa que eu fiquei fascinado foi a história por trás das facções, como, com qual propósito e porque elas surgiram… Não foi só a Tris que ficou em estado de choque.

convergente

Ainda falando dos prós, eu gostei muito mais da Tris deste livro que da Tris de Insurgente, aqui ela está mais confiante de si mesma e parou de  se culpar por tudo o que aconteceu com seus ente queridos. Ela está tentando fazer de tudo para o bem da sociedade, mas ao fazer isso ela meio que acaba esquecendo das outras pessoas ao seu redor. Percebi que tudo estava sendo focado apenas nela.

Tobias foi um erro e um acerto nesse livro, os capítulos que contém seu ponto de vista são tão idênticos aos de Tris que várias vezes tive que voltar para a primeira página do capítulo para saber quem estava narrando. Sem contar que até metade do livro ele estava agindo mais como uma menina mimada do que Tris, estava irritante. Mas do meio do livro pro final ele provou ser um personagem masculino diferente de muitos outros personagens que já conhecemos, realmente gostei de como Tobias foi desenvolvido.

trilogia-divergente

Porém, de um modo geral, a trilogia teve um final digno. Veronica Roth teve a coragem de fazer algo que falta em muitos autores, ela ousou e nos proporcionou um final triste e surpreendente. Não poderia estar mais feliz com o final digno que essa trilogia querida recebeu.

PS: Se você é uma daquelas pessoas que ficaram sabendo do spoiler final do livro e não querem ler por que já sabem o que acontece eu só tenho uma coisa para dizer: Leiam mesmo assim, dúvido que ficarão tão surpresos quanto eu fiquei.


Bom!




Share on Tumblr

POSTADO EM: 03/04/2014 | ARQUIVADO EM:

Livros citados no vídeo:

Prodigy – Marie Lu.

Todos os Meus Amigos São Super-Heróis – Andrew Kaufman.

Enders – Lissa Price.

O Chamado do Cuco – Robert Galbraith.

Convergente – Veronica Roth.

Se gostou do vídeo não deixe de clicar em gostei e se inscrever no canal do blog!




Share on Tumblr

POSTADO EM: 02/04/2014 | ARQUIVADO EM:


Chegou a hora do mês que mais gosto: Livros novos!! No vídeo acima eu faço uma atualização dos meus livros desde janeiro até agora, já que não tinha feito isso no vlog antes, mas aqui no post irei colocar apenas os livros que comprei esse mês se não vai ficar muito extenso. Nessa última compra eu decidi por terminar as coleções que precisavam terminar ou pelo menos completar os livros já publicados, resolvi comprar uma nova série e também outros livros únicos e sem continuações para uma leitura mais leve e sem tanto compromisso.

marchbookhaul

Convergente é o terceiro e último livro da trilogia Divergente, que pra quem não sabe se passa em uma versão futurística da cidade de Chigago onde as pessoas foram dividas, de acordo com suas personalidades, em cinco facções Abnegação, Audácia, Amizade, Erudição e Franqueza. Sendo assim acompanhamos a vida de Tris que descobre não pertencer em apenas uma das facções o que a torna uma Divergente e ser uma divergente é algo perigoso. Apesar de saber muitos spoilers sobre Convergente, eu estava animado com esse leitura e muito curioso sobre o que as coisas iriam acontecer, gostei bastante de como tudo terminou e logo logo postarei minha resenha aqui.

Vaclav & Lena conta a história desses dois amigos que apesar da dificuldade de Lena entender o idioma os dois acabam se tornando grandes amigos. Um dia Lena não aparece na escola e de repente some da vida de Vaclav sem dar nenhuma explicação e durante sete anos ele ainda se pergunta o que acontecera com sua melhor amiga. Apenas quando Lena completa 17 anos é que Vaclav descobre o que realmente acontecera com Lena. É uma sinopse e tanto, não?! Além dessa sinopse muito boa esse é um livro standalone (uma história que começa e termina num livro só), o que é quase raro hoje em dia.

Todo dia conta a história desse ser que acordo todos os dias em um corpo diferente, podendo sem homem ou mulher, e nesse dia ele se torna essa pessoa. Esse ser acaba se apaixonando por uma pessoa e desde então ele tenta acordar no próximo dia o mais perto de sua amada. Sempre ouvi falar do David Levithan e nunca peguei nada dele para ler, como Vaclav & Lena, esse aqui também é um stand alone e foi por isso que resolvi começar a ler seus livros por Todo dia.

Mazer Runner Correr ou Morer, Prova de Fogo e A Cura Mortal são livros de distopia e contam a história de Thomas, um menino que de repente acorda no escuro de um elevador em movimento e a única coisa de que se lembra é o seu nome. Quando o elevador para ele descobre que não está sozinho, outros garotos o recebem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por enormes muros. A cada trinta dias um novo menino chega a Clareira, até que as regras mudam, e do nada, no lugar de uma menino, é uma garota que chega. Sempre tive vontade de ler esses livros, mas quando eu queria comprar cada um custa apenas R$ 50,00 reais… Nunca que gastaria tudo isso em um livro, o que me motivou ainda mais a lê-los foi saber que no filme, que estreia Setembro desse ano, Thomas será interpretado por Dylan O’Brien, um dos meus atores preferidos <3

O Códex dos Caçadores de Sombras como ele mesmo diz, é o livro dos Caçadores de Sombras e vai nos contar com precisão vários fatos e acontecimentos do mundo das sombras. Cheio de ilustrações e imagens lindas o livro conta também com anotações dos personagens principais da série “Os Instrumentos Mortais” da Cassandra Clare.

Príncipe e Princesa Mecânica são os segundo e o terceiro livro da trilogia “As Peças Infernais” habitada no mesmo mundo de Caçadores de Sombras da Cassandra Clare, a diferença é que esses aqui acontecem em Lodres Vitoriana pro ano de mil oitocentos e bolinhas…Li o primeiro faz quase um ano e não via a hora de poder terminar essa trilogia logo!

Enders é o segundo e último livro da duologia Starters, o recebi da Bia do blog Pepper Lipstick para resenhá-lo para ela, não vou me estender para falar sobre ele aqui, o livro já tem uma resenha escrita aqui no blog.

Enfim, esses foram os livros que adquiri no mês de Março, espero que tenham gostado. Me conte se você já leu ou quer ler alguns desses, okay? :roll:

Não deixe se inscrever no canal do blog!!




Share on Tumblr